Uso da metformina no tratamento de doenças metabólicas e da saúde reprodutiva masculina

João C. Ribeiro, Marco G. Alves, Pedro Fontes Oliveira

Resumo


Diabetes e obesidade são duas doenças metabólicas intimamente ligadas e cujo tratamento é essencial devido à sua implicação na homeodinâmica do metabolismo. A metformina é um fármaco capaz de estimular a síntese de insulina e reduzir a resistência à mesma, cuja prescrição é considerada como a primeira linha de tratamento contra a diabetes. Este facto levou a que tenham sido desenvolvidos vários estudos sobre o efeito deste fármaco em múltiplos órgãos e tecidos. No entanto, os estudos publicados sobre o efeito da metformina no sistema reprodutor masculino são em muito menor número quando comparado com os que incidem sobre o estudo dos efeitos no sexo oposto. Neste trabalho, foi feita uma análise crítica dos estudos disponíveis em que foram descritos os efeitos deletérios que doenças metabólicas, como diabetes (tipo 1 e tipo 2) e obesidade, têm na fertilidade masculina e os possíveis mecanismos envolvidos nesses efeitos. São também apresentados e discutidos os efeitos que a metformina tem na fertilidade masculina. De facto, é possível concluir que há sólidas evidências de que em indivíduos metabolicamente doentes a metformina tem efeito protetor sobre a função reprodutora, no entanto, em indivíduos saudáveis o efeito pode ser deletério, salientando a importância de estudos mais aprofundados nesta área.

Palavras-chave


Diabetes, fertilidade masculina, metformina, obesidade.

Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Acta Farmacêutica Portuguesa - ISSN: 2182-3340