Papel do farmacêutico na deteção/informação das interações entre plantas e medicamentos

Anabela Almeida, Margarida Caramona

Resumo


O farmacêutico comunitário pela sua proximidade com o utente pode desempenhar um papel importante na deteção de interações entre produtos à base de plantas e medicamentos. O presente estudo teve como objetivo principal caracterizar o padrão de consumo real de produtos à base de plantas pelos utentes de uma Farmácia comunitária e avaliar o seu conhecimento relativamente ao risco do uso destes produtos em simultâneo com os medicamentos, através da aplicação de um questionário. Dos 112 inquiridos 55% consomem esporadicamente produtos à base de plantas e 16% consomem-nos diariamente. Entre os inquiridos 60% consomem medicamentos diariamente e 18% destes tomam diariamente medicamentos e em simultâneo, também produtos à base de plantas. Da informação sobre o risco do uso de produtos à base de plantas com os medicamentos, 47 % dos inquiridos indicaram que os devem consumir com moderação, mas somente 6% sabe que podem interferir no resultado da medicação.


Palavras-chave


Produtos à base de plantas, interação planta-medicamento, farmacêutico, citocromo P450, proteínas de transporte.

Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Acta Farmacêutica Portuguesa - ISSN: 2182-3340